segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Engordei depois do casamento

..."Não vou negar
Sofri demais quando você me deu o fora
Mas o tempo passa
O mundo gira, o mundo é uma bola
Pintei o meu cabelo, me valorizei
Entrei na academia, eu malhei, malhei
Dei a volta por cima"... (Saia rodada)

Observe o trecho dessa música e perceba que ela (a mulher da música), deixou para se valorizar somente depois que o homem que ela amava a deixou. Isso é bem comum nos dias de hoje. Colocamos a nossa vida e a nossa felicidade nas mãos do outro, como se ele fosse responsável por ela. 
Mulheres e homens, vocês precisam ser felizes antes mesmo de tentar fazer alguém feliz ou exigir que alguém o faça. 
A sua vida não pode e nem deve depender de alguém humano, igual a você, apenas de Deus.

Não é necessário primeiro se abandonada (o) por seu parceiro (a), para só depois, aprender que precisa cuidar de você, da saúde física e espiritual, se fosse da forma contrária, você já pensasse da forma certa, isso não chegaria à a acontecer e se por acaso acontecesse, você teria outra visão da "coisa".

Imagem da internet
Engordou demais e não está satisfeita com seu corpo, anda triste e sem vontade de sair, sempre diz não para seu esposo e anda desanimada? 
Você vive no bar, ingerido cerveja sem nenhum controle, não sabe ficar sem comer aquelas comidas gordurosas, guloseimas e alimentos que não fazem bem para sua saúde?
As roupas não cabem mais? Você já perdeu metade das roupas existentes em seu guarda-roupas?
Você sobre com comentários maldosos e piadas que não tem nenhuma graça sobre seu peso e seu tamanho?

Você está feliz com essa situação ou está ciente que precisa mudar?

Se a resposta for sim - Não deixe para amanhã, comece a cuidar de de você hoje mesmo. 
SE AME! E só depois disso, as pessoas irão fazer o mesmo.

Saia do sofá, troque novela por caminhadas, troque whatsapp por leituras que edificam, troque refrigerantes por sucos da fruta, troque pão branco por integral, evite açúcar, sal em excesso, não belisque, beba muita água, inclua linhaça e aveia no cardápio, coma frutas, verduras e legumes sempre que possível e sinta-se feliz por todo esforço feito para melhorar a qualidade de vida. 

Seja feliz.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Homens: O que eles querem?

Segundo o Pe. Chrystian Shankar, os homens sentem vontade de sumir com mulheres dos tipos abaixo:
  1. Encrenqueiras
  2. Dramáticas
  3. Ciumentas
  4. Gritonas
  5. Cris-cris
  6. Mal-humoradas
  7. Mandonas
  8. Inseguras
  9. Indecisas
  10. Subjetivas
  11. Grudentas
  12. Desleixadas 
  13. Interesseiras
  14. Vulgares
  15. Mentirosas
Se você se vê em algum dos itens acima, comece a mudar hoje mesmo, para o seu bem e do seu relacionamento.
Veja o vídeo para entender melhor.


quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Sou casada. Mas, não sou feliz!

E quem foi que disse que casamento trás felicidade? 

Devemos compreender que casamento não é nenhum tipo de mágica. Tudo é resultado de trabalho, dedicação e renuncia. Então se você não está sendo feliz em seu casamento, avalie o que está fazendo de errado, o que você está fazendo de errado. Por quê?! 

Tendemos a culpa o outro pela nossa infelicidade, quando na verdade, ninguém é responsável por nossa felicidade ou infelicidade... Ninguém! Só nós mesmos.

Imagem da internet


ABRA SEUS OLHOS.
Você pode estar caminhando com suas próprias pernas para a derrota do seu casamento.
Se esforce. Afinal de contas, ALGUÉM TEM QUE FAZER ISSO!

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Neutralize a emissão de carbono do seu blog!


Você sabia que um blog produz, em média, 3,6 kg de dióxido de carbono por ano? A maioria dos blogueiros não sabe.
Com nosso primeiro desafio de plantar 500 árvores com ajuda de blogs e sites concluido com sucesso, a Gesto Verde propõe um desafio ainda maior, plantar mais 1000 árvores nativas no Brasil. Porém, para isso precisamos da participação de mais 1000 blogueiros.  Participando agora, você garante o plantio de uma árvore para seu blog, assim ele conseguirá se tornar neutro em CO2.  Quanto mais blogueiros como você, mais árvores conseguirão ser plantadas.
Colocando o selo “O meu blog é neutro em CO2″, você colabora com a restauração da biodiversidade brasileira e neutraliza a emissão de carbono do seu blog. Para cada blog que coloca o nosso selo, uma árvore é plantada. Em parceira com o  Programa Plante Árvore do Instituto Brasileiro de Florestas (IBF), o objetivo do Guiato é restaurar áreas desmatadas através do plantio de mudas nativas na região de Apucarana, no Paraná. Além disso, a Gesto Verde faz parte de uma rede internacional de iniciativas baseadas no mesmo modelo, as quais já plantaram mais de 3 mil árvores na Europa.
A sua ação virtual de neutralizar as emissões de CO2 do seu blog representa um gesto real na direção certa. A preservação ao meio ambiente é uma atitude não só necessária, mas também possível e sem muito esforço.



CO2-neutral

terça-feira, 29 de abril de 2014

..." Mulher queixosa é goteira que não pára".

Provérbios: 19, 13.

Todo caso tem exceção, não é verdade?
Em alguns casos a mulher se queixa por não aquentar mais. Já em outros, a mulher não faz nada para que o relacionamento mude, ela sempre espera o homem mudar, acreditando ela, que só ele tem defeitos. 

Vamos considerar, a convivência a dois requer muita sabedoria, muita mesmo, agora eu posso falar com propriedade, fiz 7 (sete) meses de casada e mesmo com toda bagagem teórica anteriormente adquirida, já sei, agora na pele que, casamento feliz dá trabalho, e o trabalho não é somente da mulher e do homem individualmente não, é um trabalho em dupla.

Lendo a palavra hoje no horário de descanso (trabalho), parei e refleti sobre o trecho em Provérbios 19, 13: ..." Mulher queixosa é goteira que não pára"... 
Imagine você, próximo à uma goteira. De início a situação pode até parecer cômoda, mas pode ter certeza que ao passar algum tempo, você não irá aguentar quele barulhinho insuportável. Ou você irá se afastar para não ouvir mais (brigas), ou irá tapar os ouvidos (ignorar) ou em caso mais grave, quando transborda, mudar de lugar (separação). 

Deixo meu alerta para as mulheres sábias, tenham cuidado com as palavras, as coisas que você fala para seu esposo e a forma como diz, para que você não se torne uma mulher goteira.

terça-feira, 1 de abril de 2014

Quer travar seu parceiro de vez?

Sabe como travar seu parceiro (a) a não mais conversar sobre assuntos diversos com você? Como por exemplo: sobre o trabalho, amizades, eventos, entre outros?
É só você criticar as coisas que ele (a) disser e durante a conversa, opinar como se o que você pensa ou acredita tivesse algum peso ou poder de mudar as coisas que ele (a) está relatando naquele exato momento. Interromper a todo momento como se você fosse a razão em pessoa e se por acaso o relato for sobre alguma atitude que ele (a) tenha tido com relação a alguma coisa que você não concorde e por este motivo, um simples relato se tornar um verdadeiro sermão, pronto!.. Você acaba de descobrir a fórmula para deixar seu parceiro cada vez mais fechado e afastado de você.

Ao invés de ser do contra... Principalmente no momento de explosão, ansiedade e desabafo. Seja sábio (a) em simplesmente ouvi, e se por ventura, em outro momento ocorrer a oportunidade para você falar sobre algumas coisa que não tenha concordado, não precisa nem tocar no assunto, seja discreta (o) e fale do seu ponto de vista, sem apontar culpados.

Salvo os casos de alta gravidade. 
Fora isso... Apenas ouça... Não seja inconveniente.

Você sabia que tem muito maridos e esposas que deixam de partilhar coisas com seu parceiro para evitar brigas, confusões, caras feiras ou até mesmo coisas mais sérias?
Pois é. Caso não tenha pensado nisso... Esse é o momento para refletir.

Pense que seu parceiro é e sempre deve ser seu melhor amigo...E você não trataria um amigo assim. 

Se você concorda ou já passou por momentos parecidos, deixe seu comentário logo abaixo. 


terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Conselhos. Quando aceitá-los?

Quando o relacionamento não vai bem, as brigas são recorrentes e você não sabe mais o que fazer... ouvir pessoas que já passaram pelos mesmos problemas que você pode ajudar, mas, cuidado com quem você irá se aconselhar. 

Não aceite conselhos de pessoas que não são bem sucedidas no relacionamento. 

O que elas terão a lhe acrescentar? Será que se o conselhos dessas pessoas fossem bom para você, a vida e o relacionamento dessas pessoas estariam do jeito que está? Acredito que, só podemos dar aquilo que temos e se alguém não consegue ter um lar organizado e feliz, não pode ensinar a outra pessoa a tê-lo, concorda comigo?

Observe se o seu cônjuge também está seguindo conselhos de pessoas que não são indicadas para isso e alerte-o. Alertar é abrir os olhos para a observação... Não é impor e sim expor a realidade para o outro com o intuito do mesmo reconhecer a zona de perigo na qual está se submetendo.


terça-feira, 26 de novembro de 2013

Se dê o valor antes de cobrar isso do seu parceiro

Foto: pedro curi / TV Globo/Divulgação
Certa vez, ouvi uma frase que me chamou muita atenção, "A forma como as pessoas te tratam, passam antes por seu consentimento". 
Isso quer dizer que você permite, você autoriza, você dar liberdade para ser tratada da forma pela qual você está sendo tratada agora.

Ontem assistindo a novela "Amor à Vida" a cena de Perséfone e Daniel foi uma lição, uma aula para as mulheres que se rebaixam a ponto de esquecer de si mesmas para agradar o outro. 
Não estou aqui incentivando o divórcio, de jeito nenhum, o amor próprio em qualquer tipo de relacionamento deve prevalecer. Quem não se ama, não tem como amar o outro. 
Perséfone foi muito feliz na decisão dela, primeiro eu, primeiro devo me amar, e ainda completou - Eu não vou chorar!
Tomar a decisão é o primeiro passo, manter a decisão é fundamental e não sofrer é indispensável para que a outra pessoa não tenha poder sobre a sua fraqueza.

Se realmente o outro ama você, ele vai te amar de qualquer forma, gorda, magra, doente, saudável, feliz ou triste. 

No caso deles (novela), o Daniel, não tinha do que reclamar, ele já casou com ela dessa forma. Ele poderia até ajudá-la a emagrecer, mas da forma que ele fez, acredito que seria impossível. É como ela mesmo disse na cena, uma coisa é ser humilhada pelas pessoas da rua, que não a conhecia, que não tinha nenhum sentimento por ela, outra coisa é ser humilhada dentro da própria casa, pelo homem que dizia amá-la.

O companheirismo entre o casal é a base para muitas coisas dentro do casamento darem certo. Companheiros andam na mesma direção e em comum acordo.

Pense nisso: Se você não se valorizar, ninguém mais vai.